*O cristianismo assemelha-se, por um lado, à roleta da lotaria, à extração da sorte grande, a uma descoberta inaudita*, surpreendente, desconcertante e descomunal, de Deus: (‘Um homem encontrou um tesouro… e ficou tão contente’; ‘encontrámos o Messias’, como disse André a Pedro e Filipe a Natanael). Mas é, simultaneamente, fruto…