São Pedro adverte-nos na segunda leitura: Deus “usa de paciência para connosco e não quer que ninguém pereça”. O que está em causa é a segunda vinda de Jesus que tarda em acontecer, como pensam alguns, mas na verdade “o Senhor não tardará em cumprir a sua promessa”. Segundo o…