Porta aberta à fé dos jovens

A fé cristã não subsiste com profundidade e proveito espiritual somente por tradição. Se a chama não amorteceu com o crescimento e vicissitudes da vida, quando muito, mantêm-se usos e costumes da prática religiosa. Hoje, isso já não acontece em muitos casos. Sem combustível, a fé amortece e apaga-se. Para a avivar e fortalecer, é preciso a experiência do encontro e da relação pessoal com Cristo.

(Esta é apenas uma parte do artigo; o conteúdo integral está acessível a subscritores)

Acesso reservado a subscritores

O conteúdo integral deste artigo é apenas acessível a subscritores.

Se já subscreveu o PRESENTE DIGITAL, deve iniciar sessão (fazer “login”):
Se não é subscritor, pode sê-lo carregando aqui.
25 Julho, 2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *