Francisco, peregrino das periferias

Para desgosto de muitos, o Papa Francisco vem a Fátima apenas como peregrino. Não se trata de uma visita de cortesia nem uma viagem pastoral. Rezar à Virgem Maria, agradecer-lhe o dom das Aparições e proclamar santos os pastorinhos Francisco e Jacinta Marto são os seus objetivos.

(Esta é apenas uma parte do artigo; o conteúdo integral está acessível a subscritores)

Acesso reservado a subscritores

O conteúdo integral deste artigo é apenas acessível a subscritores.

Se já subscreveu o PRESENTE DIGITAL, deve iniciar sessão (fazer “login”):
Se não é subscritor, pode sê-lo carregando aqui.
3 Maio, 2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *