Ciência e fé não se opõem

Bem entendidas, cada uma na sua esfera própria, ciência e fé não se opõem. Desafiam-se e ajudam-se mutuamente. A ciência busca conhecer e compreender como são e funcionam o mundo, o homem, a vida, a natureza… A partir dela, os homens intervêm para melhorar a vida na terra. A fé constitui luz interior que leva a admitir que existe o invisível, o espiritual, o transcendente, o infinito e o divino, que há Deus, criou tudo, se revelou em Jesus Cristo e se relaciona com os homens, atraindo-os para Si, guiando-os com a sua inspiração e iluminando-os pelo seu Espírito. Fé cristã é também força que move para o bem e dá sentido à vida.
A ciência permite melhorar o mundo e não é preciso ser religiosamente crente para se envolver nela. A fé dá ao cientista sentido de mistério e permite-lhe considerar o seu talento e missão como dons recebidos de Deus, iluminá-lo e dar-lhe o justo sentido de pequenez e de humildade, pois cada conquista na ciência faz perceber que ainda haverá muito mais para conhecer. É como se vislumbrasse o infinito, um horizonte aberto.
A fé pessoal do estudante não pode ficar fora do seu percurso escolar e académico. Há de sustentá-lo no dia a dia, nos bons e maus momentos. E não somente a fé, mas também a rede pessoal de pessoas que partilham da mesma fé e o sustento da comunidade cristã. A ajuda de movimentos e serviços eclesiais não invalida o apoio que a estrutura tradicional também proporciona, nomeadamente através de paróquias e instituições.
Há caminho a percorrer e comunicação a fazer para que o estudante ao sair de casa, nomeadamente quando vai para outra cidade, encontre ali acolhimento e suporte da Igreja. É importante ter uma comunidade cristã ou um grupo que o acolha e também propostas para que cresça na fé ao mesmo tempo que avança no conhecimento e competências académicas. Se a fé ficar para trás, corre seriamente o risco de enfraquecer e se perder. Ou então fica à margem, como um sentimento ou um resíduo de recurso em certos momentos da vida. Fé é luz para a verdade e força para a vida.

21 Novembro, 2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *