Vamos à morte, porque a Vida é certa!

22º Domingo do Tempo Comum – Ano A

“Vós me seduzistes, Senhor, e eu deixei-me seduzir; Vós me dominastes e vencestes”. Esta frase de Jeremias, muitas vezes utilizada como titulo vocacional, como se fosse uma declaração de amor ao Senhor, na verdade é um lamento. Jeremias está a dizer o quão difícil está a ser vida, pelo facto de Ele ter sido seduzido por Deus para ser o Seu profeta. Jeremias confessa, porém, que não podia negar o chamamento, porque o fogo que ardia dentro do seu peito era incontrolável. Os problemas, as adversidades, pelo qual agora passava, porque na sua época uma desgraça se tinha abatido sobre todo o povo de Deus e sobre Jerusalém, que não tardava e ia ser saqueada e destruída e o povo mandado para o exílio, nada teria a força do amor de Deus que o seduzia.

(Esta é apenas uma parte do artigo; o conteúdo integral está acessível a subscritores)

Acesso reservado a subscritores

O conteúdo integral deste artigo é apenas acessível a subscritores.

Se já subscreveu o PRESENTE DIGITAL, deve iniciar sessão (fazer “login”):
Se não é subscritor, pode sê-lo carregando aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *