E o Deus da paz estará convosco

27º Domingo do Tempo Comum – Ano A

Depois das férias, há sempre um início marcado entre muitos jovens e crianças, pelo desejo de ter melhores notas, melhor comportamento, causar menos problemas aos pais, aos avós, aos professores. Concluindo: desejam dar bons frutos. Sempre saboreei em cada início de ano lectivo esse gosto de dar frutos, do qual os professores e os pais não estão excluídos: a Família, a Escola, os Amigos. Sempre me seduziu os olhos brilhantes de entusiasmo dos filhos e o ar esperançado dos pais, no princípio de cada ano escolar. “Professora, este ano vou ser diferente!”; “Professora, ele/a prometeu-me que este ano vai mudar…” Não me falavam nem de vinhas, nem de frutos, mas que estavam implícitos estavam.

(Esta é apenas uma parte do artigo; o conteúdo integral está acessível a subscritores)

Acesso reservado a subscritores

O conteúdo integral deste artigo é apenas acessível a subscritores.

Se já subscreveu o PRESENTE DIGITAL, deve iniciar sessão (fazer “login”):
Se não é subscritor, pode sê-lo carregando aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *