Cristão, embaixador acreditado

13º Domingo do Tempo Comum – Ano A

O amor a Deus é a decisão principal e preferencial. É ele que dá o tom e a ótica às demais opções. O evangelho de hoje diz que só quem coloca Deus no lugar cimeiro, como barómetro aferidor do seu coração, terá a intuição e a lucidez para descobrir a amplitude radiosa de todo o seu campo visual: o seu espaço íntimo, a sua família, o significado e o valor do que o afeta, o balanço certeiro de perdas e ganhos (‘Quem tudo perder por minha causa, vai recuperá-lo’).

(Esta é apenas uma parte do artigo; o conteúdo integral está acessível a subscritores)

Acesso reservado a subscritores

O conteúdo integral deste artigo é apenas acessível a subscritores.

Se já subscreveu o PRESENTE DIGITAL, deve iniciar sessão (fazer “login”):
Se não é subscritor, pode sê-lo carregando aqui.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *