A glória de Deus é o homem vivo

O Evangelho deste domingo propõe-nos, para nossa reflexão, dois milagres de Jesus, inseridos um no outro. Quando Jesus vai a caminho da casa de Jairo para impor as suas mãos sobre a sua filha doente, uma mulher, discretamente, procura tocar-Lhe para ficar curada da sua doença.

Num primeiro nível, olhando para este segundo milagre de Jesus, vemos uma mulher, não sabemos quem, cansada de sofrer com a sua doença. Doze anos. Gastou os seus bens e ninguém a conseguiu ajudar a curar-se.

(Esta é apenas uma parte do artigo; o conteúdo integral está acessível a subscritores)

Acesso reservado a subscritores

O conteúdo integral deste artigo é apenas acessível a subscritores.

Se já subscreveu o PRESENTE DIGITAL, deve iniciar sessão (fazer “login”):
Se não é subscritor, pode sê-lo carregando aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *